Emenda de Collor garante reforma da Casa Museu Graciliano Ramos

31 outubro 2017
Comentários: 0
Categoria: Notícias
31 outubro 2017, Comentários: 0

201710271742_04f1cc6f4a

A primeira edição da Festa Literária de Palmeira dos Índios, a FliPalmeira, que coloca o município sertanejo no calendário cultural do Estado, começou esta semana com homenagens ao escritor e ex-prefeito Graciliano Ramos, que está com a casa onde morou passando por um processo de restauração. A Casa Museu Graciliano Ramos deve voltar a receber visitantes em janeiro do ano que vem. O local, que conta a história do ilustre escritor, está passando por reformas na estrutura física e também adequações para dar maior acessibilidade. A obra, iniciada em agosto, é realizada em parceria com Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e está orçada em R$ 133 mil, com de emenda do senador Fernando Collor de Mello (PTC).

“É uma exigência do Iphan que o local seja totalmente acessível, mas sempre mantendo as características históricas da casa. Por conta disso, tivemos que deslocar a rampa de acesso aos fundos da residência para um dos cômodos, já que os degraus que separam uma sala da outra não poderiam ser removidos. A história conta que Graciliano sofreu uma queda nesses degraus, e isso provocou a deterioração de sua saúde”, explica o assessor da secretaria de Cultura, Fagner Silva.

De acordo com ele, a Casa Museu permaneceu aberta ao público até antes do início das obras, apesar dos problemas na estrutura física da edificação. Em todos os cômodos há reparos nas paredes e o telhado e o piso tiveram que ser totalmente restaurados, assim como a parte elétrica e hidráulica. As portas e janelas de madeira, as mesmas da época em que Graciliano viveu no local, serão mantidas, e está sendo construído também um acesso entre a casa e o auditório, também reformado, que recebeu autoridades e do show do músico Eliezer Setton, na abertura da FliPalmeira.

O evento, de acordo com a secretária de Cultura do município, Isvânia Marques, tem como objetivo retomar o título de “capital cultural” e também de celebrar a produção literária e artística do município. “A FliPalmeira é um evento com peso de bienal, que coloca a nossa cidade no circuito cultural do país. Nesta primeira edição, fazemos duas homenagens, ao doutor Ivan Barros e ao nosso querido e ilustre Graciliano Ramos. A culminância, inclusive, coincide com a data do aniversário dele. Neste dia teremos a participação de vários palestrantes e apresentações, valorizando sempre a prata da casa”, afirmou.

A programação da festa literária se divide entre o auditório e o Corredor Mestre Graça, que fica localizado em frente a Casa Museu Graciliano Ramos. No local, hoje, além de estandes abertos para visitação, haverá também contação de histórias, oficinas e apresentações culturais. No auditório, durante todo o dia, palestras abertas ao público falam sobre as obras dos homenageados, poesia, a influência indígena na cultura e encenação de peças teatrais. A programação prossegue até este sábado (28).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>