Collor afirma que GSI é órgão indispensável para soberania nacional

6 dezembro 2018
Comentários: 0
Categoria: Notícias
6 dezembro 2018, Comentários: 0

Collor_GSI

Em sessão solene na manhã desta quinta-feira (6), o Senado Federal celebrou os 80 anos da criação do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), órgão responsável pela segurança do Estado brasileiro. A homenagem foi apresentada pelo senador Fernando Collor (PTC/AL) que, em discurso, apontou no GSI um gabinete que, cada vez mais, apresenta-se como “sustentáculo indispensável da estabilidade de nossas instituições democráticas e da própria soberania nacional”.

Na presidência da sessão, Collor destacou que o GSI conheceu, nos tempos recentes, transformações nas suas atribuições e competências, cumprindo extenso percurso histórico que lhe permitiu amoldar-se às necessidades de um órgão dessa natureza, operando, agora, no quadro normativo de um Estado democrático de direito. Ele ressaltou, também, a enorme evolução histórica que o órgão experimentou, sempre, segundo Collor, em busca do fortalecimento das instituições democráticas.

“Garantia de nossa soberania, a Defesa Nacional propõe-se a cobrir a mesma realidade, pois deve cuidar de um território de 8,5 milhões de quilômetros quadrados, com quase 17 mil quilômetros de fronteiras, acrescido de 4,5 milhões de quilômetros quadrados de águas jurisdicionais, povoado pela quinta maior população do globo e, ainda, repleto de riquezas naturais que despertam a cobiça do mundo inteiro”, expôs.

O senador lembrou, ainda, que a evolução no trabalho executado pelo GSI quase sempre aconteceu em meio a contingenciamentos e, apesar disso, o órgão nestes 80 anos de existência sempre se destacou no trabalho pela defesa e soberania do nosso pais. Collor revelou que, como presidente da República, pode comprovar de perto a importância do gabinete, assessorando o chefe do Poder Executivo.

“Assim, na pessoa do general Sergio Etchegoyen, parabenizo o GSI pelos seus 80 anos de existência, e aproveito para homenagear, também, as nossas forças militares, que nos honram com os seus valores, exemplos e dedicação, não deixando de acudir o Brasil nos momentos mais difíceis, inclusive na atual crise de segurança que vivemos”, afirmou, desejando ao futuro chefe do GSI, general de Exército, Augusto Heleno, “todo o sucesso na nova e destacada missão que assumirá em 2019″.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>